abiquiflashes 044

  • Preparações contraceptivas: estas preparações químicas contraceptivas produzidas no Brasil têm um bom mercado no exterior, especialmente em países da América do Sul (como Argentina e Colômbia). Em 2018, até junho, foram exportados US$ 18,9 milhões destas preparações.
  • Mercosul-5: é natural que o Mercado Comum do Sul seja um importante destino para os medicamentos produzidos no Brasil. Com efeito, nos primeiros seis (06) meses de 2018, foram exportados US$ 53,1 milhões em medicamentos dos mais variados tipos para este bloco econômico.
  • União Europeia:  a lisina, seus sais e ésteres produzidos no Brasil têm amplo mercado em varias partes do mundo. Destaca-se o bloco econômico europeu que, em 2018, até junho, importou US$ 10.394.977,00 destes farmoquimicos. A lisina (seus sais e ésteres) é, no momento, o farmoquimico mais exportado pelo Brasil.