Artigos

Informativo EFTA – Mercosul: possíveis negociações

Mauro Laviola – Março de 2015:

Conforme divulgado no relatório referente à última reunião da CEB realizada no dia 26 de fevereiro passado, já ocorreram três reuniões entre os dois blocos. Ano passado o EFTA havia solicitado por três vezes outra reunião, mas a Argentina optou por não viabilizar novo encontro durante sua presidência “pró tempore” no segundo semestre de 2014. Novo contato foi realizado no dia 06/03/2015 para tentar melhor reaproximação e a proposta mais discutida é que haja o estabelecimento de um acordo de livre comércio.

As últimas notícias vindas da Europa dão conta de que as representações dos dois blocos identificaram interesses potenciais recíprocos, tanto na área comercial quanto na de serviços e investimentos. Para tanto as partes acordaram iniciar um diálogo exploratório mais aproximado durante o primeiro semestre do corrente ano.

O European Free Trade Agreement é formado pela Suíça, Islândia, Noroega e o Principado de Liechtenstein.

A corrente comercial entre o Mercosul e o EFTA alcançou em 2014 US$7,4 bilhões, As maiores exportações do mini bloco europeu centraram-se nas áreas farmacêutica, produtos químicos, maquinaria, petróleo, carvão, e pescados. As maiores vendas do bloco sul-americano foram produtos agrícolas, alimentos industrializados, químicos e metais.

Acompanharemos os próximos passos desses encontros.

Mauro Laviola Vice-Presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil – AEB