abiquiflashes (31/08/2017 – 597)

  • União Europeia (1): este bloco econômico representa um importante destino das exportações brasileiras de medicamentos. Em 2017, até julho, foram exportados para este destino US$ 124,2 milhões em medicamentos.
  • União Europeia (2): alguns farmoquímicos produzidos aqui têm mercado na União Europeia. Destacam-se em 2017, até julho, os ácidos biliares com US$ 14.181.621,00 e a heparina com US$ 9.795.159,00.
  • Argentina: o mercado argentino de medicamentos sempre foi um destino certo das produções brasileiras. Em 2017, até julho, foram enviados ao país austral US$ 60,3 milhões em medicamentos dos mais variados tipos.