abiquiflashes (22/02/2018 – 638)

  • Japão: o Brasil é um importante produtor de aminoácidos. Estes representam a expressão mais simples das proteínas, estruturas fundamentais para o desenvolvimento e manutenção do corpo humano. Em 2017 o País enviou ao império do Sol Nascente, US$ 47,6 milhões destes farmoquímicos.
  • Mercosul-5: este Mercado Comum do Sul recebeu do Brasil em 2017, US$ 8.770.689,00 em lisina, seus sais e ésteres (NCM 2922.41.90). A lisina é um importante aminoácido para a manutenção da saúde humana.
  • Nafta:  o ácido salicílico, além da sua ação queratolitica é, também um importante intermediário na produção de aspirina. Em 2017 este Mercado Comum do Norte recebeu do Brasil US$ 4.041.733,00 em ácido salicílico.