abiquiflashes (10/07/2017 – 582)

  • Argentina: o  nosso vizinho austral é o destino certo de parte da nossa produção de medicamentos. Em 2017, até maio foram enviados à Argentina US$ 45,5 milhões destes produtos.
  • Colômbia: este país andino se constituiu um promissor mercado para a exportação dos medicamentos produzidos no Brasil. Nos primeiros cinco meses de 2017 foram exportados para a Colômbia US$ 20.758.915,00 em medicamentos.
  • EUA: US$ 29,9 milhões em medicamentos foram exportados para o Tio Sam em 2017, até maio, destacando-se o envio de medicamentos à base de cefalosporinas, com US$ 15,2 milhões.