abiquiflashes (07/12/2017 – 621)

  • quercetina: este farmoquímico é um alcaloide extraído de plantas cultivadas no nordeste brasileiro, com atividade na proteção capilar venosa. Nos primeiros dez meses de 2017 o Brasil exportou US$ 1.869.910,00 deste produto.
  • lisina: o Brasil é destaque mundial na produção de aminoácidos. Entre estes, a lisina, seus ésteres e sais (NCM 2922.41.90), contribuíram em 2017, até outubro, com US$ 53,8 milhões para as exportações brasileiras de manufaturados.
  • espironolactona: este importante diurético é amplamente usado internacionalmente. US$ 718.128,00 deste farmoquímico foram enviados ao exterior em 2017, até outubro, principalmente para a Argentina.