abiquiflashes 025

  • lisina: este é um aminoácido fundamental para o crescimento e manutenção do corpo humano. O Brasil é um destacado produtor mundial de aminoácidos e exportou, de lisina, seus sais e ésteres, US$ 30,4 milhões até maio de 2018.
  • ácido glutâmico: importante suplemento nutricional, este aminoácido contribui significamente para as exportações brasileiras de manufaturados. Em 2018, até maio, foram enviados ao exterior US$ 10,4 milhões deste produto.
  • Outros aminoácidos: além destes dois aminoácidos antes citados, o Brasil exporta outros tipos de aminoácidos para várias partes do mundo. Em 2018, até maio, foram enviados ao exterior US$ 18,1 milhões destes aminoácidos, especialmente para o Japão.